Bia Cortés

Há mais de 30 anos envolvida profissionalmente com educação, cultura e arte, trabalhou em escolas e ateliês, ensinou línguas, coordenou projetos educacionais e editoriais, viajou um bocado, olhou muito para dentro e para fora. Desde 2011, tem seu foco de atuação voltado para a infância. Praticante de yoga e meditação, considera inseparáveis o trabalho com corpo e mente. Acredita no poder transformador da arte, na importância do brincar, na educação para a sensibilidade, na potência da criança.

 

Zá Szpigel

Descobriu a paixão pela educação desde a época em que cursava artes plásticas na FAAP. Foi em 1988, junto aos bebês e às crianças bem pequenas de uma creche que começou a dar aulas de arte e investigar sobre a potência dos processos de criação presentes desde os primeiros anos de vida. Desde então, sempre esteve envolvida com projetos de educação e arte na escola e no museu, para crianças e jovens. Por dez anos colocou o pé na estrada para trocar experiências de arte e cultura com professores de diferentes regiões do Brasil. Hoje, seu maior interesse é investigar a relação dos bebês e das crianças bem pequenas com o mundo. Acredita que não existe melhor lugar que um quintal com crianças para aprofundar saberes.

Alexandra Contocani

Atelierista e educadora há mais de 20 anos, desde cedo a arte fez parte de sua vida. Cresceu em meio a barro, pedra, tinta, papel, carvão, couro, estopa, linha, tecido... Já grande, manteve olhos de gente miúda, procurando viver em volta de quem os tem. A infância e a arte são seus objetos de investigação porque são capazes de reinventar o mundo.

 

Ana Paula Tósca

Jornalista com mestrado em Literatura Infantil, atua há 20 anos com cultura e comunicação. Observadora atenta da relação entre infância e literatura, acredita que quando uma criança encontra suas formas de narrar dá espaço para pensamentos que se experimentam e promovem gestos, expressões, vivências e significações. Passou a infância alternando invernos nas ruas de Porto Alegre e verões no litoral do RS, tendo como quintal a mata nativa, sua fauna e flora, e o marcante vento sul. Com a maternidade nasceu o desejo de albergar não só o seu, mas tantos outros filhos num espaço que sustente a infância e seus tesouros, o brincar livremente na natureza, com afeto e acolhimento.

Rua Agissê, 205 - Vila Madalena - São Paulo - SP

                       oquecabeaqui@gmail.com         |         11-94059-2503